Quem somos

O #inovareaprender  é  um  programa  de  inovação pedagógica,  que  tem  como premissa possibilitar que alunos e educadores se tornem autores de novas tecnologias, e não somente usuários de recursos tecnológicos, tornando-os criadores de sistemas e ou ferramentas que atendam as demandas da sociedade. A  iniciativa  visa  contemplar  alunos  da  educação  básica  (ensino  fundamental  e médio),  universitários  (extensão/monitoria)  e  docentes  da educação básica  e  graduação.

As atividades são conduzidas de forma colaborativa e participativa, no qual os indivíduos trabalham com autonomia de acordo com as atividades que estão realizando (seus papéis), e não conforme os títulos que têm (seus cargos). O resultado é: comunicação eficiente; reuniões eficazes; menos burocracia; menos obstáculos; e uma definição clara de quem é responsável pelo quê.

O programa #inovareaprender tem como base a metodologia do “Aprender Fazendo”, na qual todos aprendem juntos, construindo e analisando resultados, de maneira não-hierárquica, estimulando cada vez mais os envolvidos no processo de aprendizagem, tornando-o significativo além de inovador.

Nosso principal objetivo é  despertar  o  interesse  do  educando  pela  computação, engenharias e áreas tecnológicas, desenvolvendo o pensamento computacional, alinhando a robótica  e  automação, e conduzindo-o  a  solucionar  problemas  de  um  jeito inovador  e  lúdico. Por meio das propostas e desafios, educadores e estudantes criam protótipos autônomos ou remotos; desenvolvem aplicativos (apps), animações e games; e programam utilizando diferentes linguagens. Todas essas atividades enriquecem a formação para ação em equipe, desde o processo inicial de pesquisa até a mostra e execução da solução.

ESTACOES

São contempladas escolas públicas, denominadas Estações, que recebem alunos da própria escola e do entorno. Em cada estação de trabalho (escola), há uma sala destinada para atividades ligadas ao programa #inovareaprender. A realização dessas atividades, por parte dos alunos da educação básica, é monitorada pelos educadores da educação básica e os monitores orientadores universitários (alunos universitários voluntários) . As atividades nas Estações incluem:

Pesquisa e metodologia científica, com planejamento e documentação;

Montagem e programação dos protótipos;

Criação de mídia educativa;

Formação dos docentes e monitores;

Intercâmbio de ações e coopetições/missões temáticas.

LAB INOVAR

O Laboratório Inovar e Aprender, conhecido como Lab Inovar, é um Espaço Maker voltado para a criatividade e inovação. O ambiente é frequentado por alunos da rede pública e das universidades, além de profissionais de ensino e população, e conta com máquinas como impressora 3D e cortadora à Laser, além de ferramentas manuais. O espaço é um ponto de interação entre os membros das universidades, da educação básica e dos parceiros externos, que podem ser membros da iniciativa privada interessados em investir de forma voluntária no programa. Essa interação culmina em diversas ações como:

Troca de experiências e informações, o que norteia as ações a serem realizadas nas estações (escolas);

Realização de cursos, oficinas e visitas técnicas de forma gratuita;

Prototipagem e desenvolvimento de aplicativos e games;

Preparação de equipes para olímpiadas e torneios;

Movimento maker e incentivo à cultura da mão na massa .

PROJETOS

InovaCAo nas prAticas da EducaCAo BAsica

O programa #inovareaprender busca quebrar paradigmas nas práticas pedagógicas e reavaliar a relação com alunos, objetivando encorajar o trabalho em equipe. Há um incentivo para a aprendizagem tanto dentro quanto fora da sala de aula. A prática metodológica envolve o uso do Design Thinking (fomento a empatia, a colaboração e a experimentação prática), pois não é esperado que o professor seja o único detentor do conhecimento a ser trabalhado, mas sim que o conhecimento seja construído de forma colaborativa.

Diversas práticas são utilizadas para tornar o aprendizado mais dinâmico e significativo:

Maker Soluções
Criação de soluções práticas com custos sustentáveis através da cultura “Mão na Massa” e a criação colaborativa open source.
Programação
Montagem de estruturas (robôs) e programação por meio de linguagens de blocos e códigos.
Animação
Produção de mídias educativas (curtas metragens), de autoria coletiva dos grupos de robótica, cujos roteiros possibilitam a EDUCOMUNICAÇÃO.
Desenvolvimento de Apps
Desenvolvimento de aplicativos voltados a soluções para a sociedade.
Gamificação
Utilização e desenvolvimento de jogos educativos nas aulas.
Prototipagem / Modelagem
Desenvolvimento de projetos através de modelagem 3D e construção de protótipos.

formacao de professores

O Programa #inovareaprender acredita que o aperfeiçoamento constante dos docentes e a garantia de sua autonomia, ao conceber e transformar as propostas pedagógicas de cada escola, e ou processo de ação profissional, é que permitirão a melhoria na qualidade do processo de ensino da Base Nacional Comum. A busca por aprimoramento é marcada pela aspiração de ganhar novos conhecimentos, de superar desafios e de empreender mudanças no conhecido sistema educacional. Neste sentido, o #inovareaprender desenvolve ações estratégicas complementares de fortalecimento do Ensino Fundamental e Médio efetivando a prática dos professores.

Formação continuada oferecida aos educadores da educação básica da rede pública de Macaé.
Oficinas gratuitas para demais redes públicas e privadas.
Cursos gratuitos para comunidade educadora.

extensao universitaria

As parcerias entre universidades e escolas permitem que alunos com diferentes níveis de formação possam ser integrados para um aprendizado por discussões e colaborações na realização de projetos, tornando possível: atrair e motivar estudantes para resolver problemas em diversos contextos; aproximar alunos da educação básica em relação à universidade, conhecendo melhor a realidade e a potencialidade de cursos de graduação; motivar alunos do ensino superior à contribuir com a sociedade, vendo aplicabilidade de seus conhecimentos; e diminuição de evasões escolares e universitárias. Tais iniciativas são relevantes no âmbitos acadêmico-profissional, pois existe uma relação direta entre os setores de tecnologia e o desenvolvimento de ações inovadoras.

TORNEIOS

A participação das equipes em torneios, olimpíadas e mostras científicas estabelece um norteamento para sequenciar os desafios e pesquisas coletivas. Essas oportunidades permitem a troca de experiências de jovens de todo mundo em busca de avanços tecnológicos e uso responsável das inovações que hoje perpassam por toda nossa vida cotidiana.

Oficinas

O programa #inovareaprender oferece oficinas gratuitas, regulares (semestrais/anuais) e de curta duração (um dia), abertas à comunidade, de linguagem de programação, robótica e pensamento computacional, planejamento e estratégias, prototipação, dentre outros assuntos. As oficinas são direcionadas a diversas faixas etárias, recebendo crianças a partir de 7 anos, jovens e adultos da comunidade em geral.

Oficina de curta duração
Oficina regular infantil
Oficina regular com jovens do Programa Nova Vida
Oficina regular com jovens do CREAS

Visit Us On FacebookVisit Us On InstagramVisit Us On Youtube